Cédula de identidade

A identificação entra depois do ferro...

Uma cédula de identidade é um dos tipos de registros civis existentes no Brasil. É usado por qualquer um que tenha mais de 6 anos que saiba escrever pelo menos o nome, já que precisa ter uma assinatura do indivíduo feita à mão. O documento funciona como uma ficha de identificação daquele povo que é preenchido após o ferrete. O documento também é chamado por alguns caipiras como carteira de identidade, o que é errado, pois o documento não passa de um simples papel impresso em frente e verso.

A identidade faz parte do grupo de registros gerais, junto àqueles documentos emitidos por aquelas centenas de entidades profissionais existentes no país (OAB, CREA, CRP, CRB...). Um registro geral é um documento que tem que ser apresentado a um comerciante quando o comprador parece ser menor de idade e quer comprar bebida, cigarro ou permanecer nas dependências de algum boteco de esquina.

ConceitoEditar

 
Modelo em vigência desde 1849

A identidade é um documento (não nacional, como alguns dizem por aí) usado para identificar um brasileiro por meio de um número auto incrementado no banco de dados do estado da federação em que foi emitido o documento. Dizemos que ele é não é nacional, primeiro porque o número varia de estado para estado podendo ter dois números iguais em estados diferentes, e depois porque eu posso tirar até 27 cédulas, um por cada estado, sair comprando fiado, pegar empréstimos bancários e depois com um agiota, usando cada um dos registros, e no fim deixar todo mundo chupando dedo, inclusive o filho da puta do agiota (MWAHAHAHAHAHA!). Ainda assim, é um documento extremamente xenófobo, emitido apenas aos brasileiros natos. Aos demais, cabe procurar a Prato Feito para dar entrada na Cadastro Nacional de Terroristas Estrangeiros Sitiados no Brasil.

O melhor do documento não é poder tirá-lo em qualquer unidade da federação, mas sim o fato de poder tirar em qualquer lugar, inclusive na banquinha do seu José das Couves. Por ser de fácil falsificação (basta ter uma impressora com os cartuchos em dia), o documento é um achado quando você está precisando comprar alguma coisa e está com o nome sujo.

 
O eterno "sucessor" do papelzinho verde.

SucessorEditar

 Ver artigo principal: Registro de Identidade Civil

Tá pra sair (faz mais de 10 anos isso) uma nova Identidade que visa, segundo o governo, combater fraudes. A nova carteira tinha como intenção ser mais completa, carregando todos os dados da pessoa cartão igual um cartão de crédito, com a principal vantagem que o brasileiro não iria poder comprar e se endividar com ele.