Desconversas:A arte de dialogar no celular dentro do transporte público urbano

Papo cabeça

Este artigo faz parte do Desconversas, o maior acervo de papo furado da Internet.

O indivíduo A, que é "muito discreto" atende ao telefone celular no recinto de algum tipo de transporte público, de preferência bem lotado. A narrativa a seguir descreve a conversa entre tal indivíduo e o celular, ou alguém menos importante do outro lado da linha.

Editar

indivíduo A
ALÔ? ALÔ! FALA! ESTOU ESCUTANDO SIM! ("com licença, opa, licença")
celular
...
indivíduo A
COMO É QUE É ? FALA UM POUCO MAIS ALTO ("com licença, opa, licença")
celular
...
indivíduo A
QUEM ESTÁ GRÁVIDA ? VOCÊ ? ("com licença, opa, desculpa")
celular
...
indivíduo A
NÃÃÃO, NÃO É MEU NÃO. ("com licença, desculpa, licença")
celular
...
indivíduo A
MINHA MULHER O QUE ? VOCÊ DISSE O QUE PARA ELA ? ("opa, opa, licença")
celular
...
indivíduo A
SEU NAMORADO O QUE ? ("com licença, opa, opa")
celular
...
indivíduo A
SEU ADVOGADO O QUE ? ("com licença, licença, licença")
celular
...
trocador do transporte
Vai pagar ou vai ficar aí conversando abobrinha no celular ?

Ver tambémEditar