Desconversas:Fábula da indecisão

Papo cabeça

Este artigo faz parte do Desconversas, o maior acervo de papo furado da Internet.

(Era uma tarde calma, os ventos rumavam para o Norte e o clima era agradável a todos, a todos exceto Douglas, que suspirava em profunda tristeza e ânsia)

  • Douglas: Ai, ai, quem me dera se os meus sonhos se realizassem, se eu tivesse o que mais queria, ai, ai... Essas minhas pretensões só me fazem sonhar, só me fazer sair da realidade, talvez, se eu tivesse o que desejo minha vida teria outro rumo...

(Porém, antes mesmo de terminar suas palavras, Douglas é interrompido por uma trovoada nos céus! Uma fumaça surge, algo está se aproximando, tensão total!)

  • Deus: O que foi Douglas, o que lhe aflige tanto?
  • Douglas: Deus, é que meus sonhos ainda não... Deus!!!!!!!
  • Deus: Em em carne e magia! Diga-me de uma vez.
  • Douglas: Eu queria que meus sonhos fossem reais...
  • Deus: E que tipo de sonhos sonhas? Digo-lhe de uma vez, o que quereis de mim?
  • Douglas: Eu sempre quis uma esposa, o mundo sem amor é um mundo sem rumo...
  • Deus: Se é assim, que assim seja!

(Então uma esposa é dada a Douglas, como era pedido)

(Novamente, era uma tarde calma, os ventos rumavam para o Norte, os pombos se reiunam mais uma vez para se acasalarem e o clima era agradável a todos, a todos menos a Douglas, que se sente mais deprimido do que nunca)

  • Douglas:O que é a vida, se não dor e sofrimento?

(Aquela bosta de trovoada de antes se repete...)

  • Deus: E agora, o que foi?
  • Douglas:Tô pobre...
  • Deus: Mas é cada uma...

(Então, num passe de mágica, Douglas se torna o mais rico homem do mundo)

  • Douglas:Agora estou começando a gostar disso...

(Novamente, mais uma vez, era uma tarde calma, os ventos rumavam para o Norte, os pombos se reiunam mais uma vez para se acasalarem, os comerciantes abriam suas lojas nas praças e o clima era agradável a todos, a todos menos a Douglas, que estava mais triste do que XXXtentacion, isso porque ele está morto, e mortos não tem emoções...)

  • Douglas:Ó vida, ó azar, do que adiante me casar, cédulas para contar se não souber rimar, a não ser com palavras que terminem com "ar"?

(Após ouvir os lamentos mais lamentáveis de Douglas, uma sombra surge nos céus, e o resto você já sabe...)

  • Deus: Mas o que será agora?
  • Douglas: Eu queria ser inteligente, me sinto muito burro, principalmente após ontem descobrir que África não é um país...
  • Deus: Seu pedido é só um pedido mesmo, principalmente depois disso que me contastes...

(Então Douglas se torna o homem mais inteligente do mundo, com isso ele conseguiu desvendar vários enigmas, convenceu os donos das 100 maiores empresas a venderem-nas para ele, além de convencer várias pessoas a fazerem várias coisas...)

  • Douglas:E agora, quem será que poderá me peitar? Ninguém é capaz de nada contra eu! MWAHAHAHAHAHA! Agora eu dominarei o Mundo!
  • Pessoa qualquer: Ó meu Deus!
  • Zé da esquina: E agora?
  • Outra pessoa qualquer: Problema seu!
  • Groot: Eu sou Groot!

(Então, novamente, mais uma vez, de novo, era uma tarde calma, os ventos rumavam para o Norte, os pombos se reiunam mais uma vez para se acasalarem, os comerciantes abriam suas lojas nas praças, uma escola dispensava seus alunos para mais uma férias e o clima era agradável a todos, a todos menos a Douglas, que murmurava e mal dizia a todos)

  • Douglas: A vida me odeia, só pode ser isso a verdade!!!

(Então, antes mesmo de terminar de falar, os céus se escurecem numa tonalidade azul, um silêncio desce na terra, e um raio corta o horizonte. Algo estava descendo até a Terra.)

  • Deus: Douglas, o que há desta vez? Eu lhe dei uma esposa, mas você continuou triste, lhe dei dinheiro, e nada de felicidade, lhe dei inteligencia, mas não mudou nada... O que quer, diga-me de uma vez, chega de enrolação!
  • Douglas: É porque me parece que a minha vida não faz sentido, mesmo com tudo isso...
  • Deus: Mas é claro, quem lhe disse que você tem vida...?
  • Douglas: Ué, como assim?
  • Deus: Você está no inferno, se ferre aí, trouxa! MWAHAHAHAHAHA! MWAHAHAHAHAHA! MWAHAHAHAHAHA!
  • Douglas: O que? Nããããããããããããããããããããããããão!!!!!!
Undergroundfire.gif
Moral da história: Quem muito quer, pouco tem.