Abrir menu principal

Desciclopédia β

Galvao-bueno-na-globo.jpg Este artigo é sobre algo ou alguém que enche o saco e inferniza os outros por diversão. Se você vandalizar, ele será seu tormento pro resto da vida!


Você antes da prova
Você durante a prova
Você depois da prova.

Uma prova é um conceito comumente utilizado no tratamento da matemática, leucemia e taxidermia e um gostinho do que você vai enfrentar no purgatório. Pode-se fazer uma prova tomando duas doses de concentração de álcool por volume com a temperatura de 15,5 graus célsius em escala richter².

Índice

Métodos de provaEditar

Existem diversos métodos de provas comumente utilizados:

Prova por adição de uma constanteEditar

2 = 1 se nós adicionamos uma constante C tal que 2 = 1 + C.

Prova por identidade aditivaEditar

Multiplicando ambos lados da expressão por zero, como por exemplo

1 = 2
1 × 0 = 2 × 0
0 = 0

Então a afirmativa final e verdadeira e portanto também a inicial.

Prova por analogiaEditar

Construa uma analogia pobre. Diga que você tem duas vacas. Mas um deles é um touro. Após um período de gestação próprio, 1 + 1 = 3.

Prova por contradição (reductio ad absurdum)Editar

Considere p.

  1. Assuma o oposto: "não p".
  2. Bla, bla, bla ...
  3. ...
  4. ... que leva a "não p" sendo falso, que contradiz a hipótese (1). Qualquer coisa que você diga em (2) e (3), (4) fará p verdadeira. Muito útil para ajudar em outras provas.

Prova por indução de engenheiroEditar

Suponha P(n) uma proposição.

  1. Prove que ela é verdadeira para P(1).
  2. Prove que ela é verdadeira para P(2).
  3. Prove que ela é verdadeira para P(3).
  4. Portanto P(n) é verdadeira para todo  .

Prova por intimidaçãoEditar

 
Tenta colar agora!

Um dos principais métodos utilizados para provar sentenças matemáticas. As afirmações exatas da prova por intimidação são dadas abaixo:

Suponha um matemático F na posição n na seguinte hierarquia:

  1. Vencedor da medalha Fields
  2. Professor titular
  3. Professor não titular
  4. Post-doc
  5. Estudante graduado
  6. Estudante não graduado

Se o segundo matemático G está na posição p tal que p > n, então qualquer afirmativa S dada a F por G é verdadeira.

Prova por armaEditar

Um caso especial da prova por intimidação: "Eu tenho uma arma e você não. Eu estou certo e você errado. Repita depois de mim: Q.E.D."

Prova por margem curtaEditar

"Encontrei uma prova absolutamente notável, mas a margem é pequena demais para escrevê-la."

Prova por reversal russaEditar

Na União soviética, as afirmativas provam você!!!

Prova por substituiçãoEditar

Alguém pode substituir arbitrariamente qualquer valor de qualquer variável para provar alguma coisa. Exemplo:

  1. Assuma que  .
  2. Substitua   por  .
  3. Portanto,  . Q.E.D.

Prova por ... então o milagre aconteceEditar

Prove que  :

  1.  
  2.  
  3. ... então o milagre acontece.
  4.  . Q.E.D.


Prova por comparaçãoEditar

Considere:

  1. C = Conteúdo falso verdadeiro
  2. D = Desciclopedia
  3. I = Internet
  4. U = Universo

Vamos provar que  :

  1. Comparando o nível das subtanciações sistemáticas quadráticas, achamos tal que  
  2. Portanto  
  3. Colocando o resultado em uma equação simples, obtemos:  
  4. Assuma que  
  5. Portanto, a afirmativa   é totalmente satisfeita. Obrigado.

Prova por exaustãoEditar

Um método de prova frequente as 3:00 da madrugada do dia que o problema foi proposto, e que geralmente produz, de longe, melhores resultados do que durante a luz do dia.

Desculpas perfeitas para pôr nas provasEditar

 
Essa não deu muito certo
  1. Uma das melhores formas é por uma respostas beeeeeeeemmmmmmmm longa para o professor ter preguiça de ler e pôr certo. Isso funciona mesmo, nós da Desciclopédia sempre fazemos isso.
  2. Escrever "Responder este tipo de pergunta vai contra a minha religião."
  3. Falar bem de alguma personalidade que tenha a mesma ideologia do professor fará a resposta estar automaticamente correta, quem disser que não, será expulso da sala.
  4. Encher linguiça: "Napoleão inventou a lei Áurea, que permitia que, em 1389, Tiradentes pudesse casar-se secretamente com Joanna d'arc, o que posteriormente acarretou a invasão da Alemanha à Polônia em 1929. E assim começou, em 1945, a Guerra dos Cem Anos. Que acabou em 1989, quando a Princesa Isabel morreu."
  5. Escrever "Iss", cortar um pedaço minúsculo do tubo da caneta e jogar a tinta em cima da linha, logo depois do "Iss". Suje a caneta por dentro e manche a prova de azul. Depois escreva: "Ops, a caneta estourou."
  6. Escrever "Foi a voz da minha cabeça que mandou." Você ganhará dois acertos por isso.
  7. Escrever "Se você não considerar esta resposta correta, o pneu do seu carro irá magicamente ser furado."
  8. Cortar o dedo e manchar toda a questão de sangue. Depois escrever "Desculpe-me pela mancha, cortei meu dedo com o lápis e o instrutor não quis me dar outra prova". A favorita entre os masoquistas.
  9. Se você não se deu bem até aqui só resta uma opção: Coloque a resposta certa.

Ver tambémEditar