Predefinição:Em destaque

A síndrome de todos os Otakus

Otakus (abreviado do japonês 陰茎が短い者) são pessoas gordas, rosadas, cheias de espinhas na cara (às vezes no corpo todo) e que vivem num mundo paralelo resumido em mangás, animes, traidores do movimento punk e outras japonices. Geralmente ficam imitando seres estranhos encontrados em animes e mangás, como o famoso Deus Mokona.

Otakus não vêem o que a vida tem a lhes oferecer de melhor, e normalmente não possuem amigos nem namoradas (desde que não sejam outros Otakus). Pudera: não saem de casa e ficam na frente de seus computadores e/ou televisões todo o tempo, assistindo a animes tanto na TV quanto na frente do computador (e, por causa disso, a palavra "Otaku" acabou evoluindo recentemente para uma gíria que significa orkut).

Pelo motivo de não terem uma vida social e serem discriminados na sociedade, Otakus se libertam em algumas reuniões chamadas de "hospício", onde podem exibir todos os seus dotes, tangíveis ou não, como sempre sonham, mas não têm coragem para fazê-lo em outras ocasiões. Alguns só se referem a si mesmos na terceira pessoa (OtaCU-chan extah feliz).

Alguns desses seres acham que estão vivendo dentro de um mundo fantástico. Muito comum achar alguns que dão personalidades e nomes diferentes aos sentimentos, fingindo ser duas ou mais pessoas diferentes (comportamento esse que os Emos roubaram), bem como fluentes em Otakês (do qual se derivou o Miguxês).

Compartilhe: Compartilhe via Facebook Compartilhe via Twitter